Nova Odessa

Descarte irregular de cacos de vidro deixa garis feridos em Nova Odessa

0

Sacolas amarradas de forma irregular, pedaços de vidro soltos, latas com fio cortante sem nenhuma proteção. A falta de conscientização de alguns fez com que, só em 2020, seis garis de Nova Odessa fossem afastados das atividades devido a ferimentos causados por objetos cortantes durante o ato de coleta. Nesta semana, a Coden Ambiental registrou mais um acidente envolvendo descarte irregular de vidro. O gari, da empresa Pass Ambiental, teve corte profundo na perna e passou por acompanhamento médico, foi medicado e afastado por 8 dias.

Durante a jornada de trabalho, para aumentar a segurança dos garis, são disponibilizados pela empresa uniformes com a devida sinalização e identificação, além de todos os EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) necessários, como botas e luvas. Mas sempre isso é o suficiente.

“O número de acidentes poderia ser 10 vezes maior se não fosse o cuidado com que os coletores trabalham em nossa cidade. O acondicionamento irregular do lixo residencial, com objetos perfurocortantes, é um problema recorrente. Nas sacolas, é possível encontrar garrafas e vidros quebrados, materiais de medicação sem proteção (como agulhas), pregos, espetinhos de madeira, entre outros objetos que podem representar risco na hora da coleta, pois a sacola pode se romper quando é apanhada pelo gari e o material perfurocortante causar um acidente, machucando ou até colocando a vida do profissional em risco”, explicou o diretor técnico da Coden Ambiental, o engenheiro Rean Gustavo Sobrinho.

Por conta desse problema, que vem se tornando recorrente, a Prefeitura de Nova Odessa e a Coden Ambiental fazem um alerta para que a população embale seu lixo corretamente e projeta os coletores de lixo. Vale lembrar que o gari trabalha para manter a cidade limpa e para garantir mais qualidade de vida para todos. Por isso, é necessário tomar medidas preventivas ao descartar vidros quebrados, latas, pregos, arames e outros materiais cortantes.

O prefeito Cláudio José Schooder, o Leitinho, pediu o apoio da população para que o descarte de materiais cortantes seja realizado sempre de forma correta, protegendo os trabalhadores. “Casos de acidente com materiais cortantes já não deveriam mais existir. Mas, com a compreensão e colaboração de todos, todos nós temos que contribuir e muito com o trabalho dos coletores de lixo. Por isso, peço o apoio da população para que juntos possamos proteger os profissionais que nos ajudam a manter a cidade limpa”, declarou o prefeito.

A Coden Ambiental, que é responsável pela operação do sistema no município, reforça que não é permitido o depósito de lixo em calçadas, ruas e canteiros de avenidas. A infração está sujeita a multas que variam de R$ 500 a R$ 5 mil, conforme estabelecido na lei municipal 2.883/2014, que disciplina a limpeza e a conservação de áreas públicas e particulares.

Já lâmpadas fluorescentes devem ser descartadas no ponto de coleta da empresa Reciclus instalado no Supermercado São Vicente, na esquina das avenidas Ampelio Gazzetta e Eddy de Freitas Crissiúma.

Confira as dicas para fazer o descarte correto de materiais cortantes:

– Coloque-os em jornais e/ou papelão e, em seguida, enrole-os.

– Descarte dentro de caixas tipo longa vida e/ou garrafas pets.

– No caso de latas, dobre a tampa para dentro.

– Se possível, identifique as sacolas onde há materiais cortantes.

– Lâmpadas e seringas não podem ser descartadas na coleta de resíduos domiciliar.

FAÇA O DESCARTE CORRETO

LÂMPADAS FLUORESCENTES

Reciclus/São Vicente

Avenida Ampelio Gazzetta, nº 2.799

RECICLÁVEIS

LEVs (Locais de Entrega Voluntária)

Parque Ecológico Isidoro Bordon (Rua João Bolzan, nº 110 – Mathilde Berzin)

Coopersonhos (telefone 3476-5506)

LIXO COMUM

Lixeiras domésticas individuais ou coletivas (condomínios) e contêineres de coleta espalhados pela cidade

RESTOS DE CONSTRUÇÃO, MÓVEIS, ELETRODOMÉSTICOS, MADEIRA, GALHOS

Ecopontos

– Monte das Oliveiras – Rua Vilhelms Rosenbergs, s/nº

– Residencial Triunfo – Rua Frederico Hansen, nº 22

ANIMAIS MORTOS

Setor de Zoonoses

Telefone: (19) 3466-3972

Fonte: Assessoria de Imprensa

paginapopular

Governo federal anuncia medidas de apoio ao Acre

Previous article

Sumaré recebe novo lote de vacinas contra a Covid-19

Next article

You may also like

Comments

Comments are closed.

More in Nova Odessa