Nova Odessa

Prefeitura de NO repassa R$ 327,9 mil a creches e escolas municipais via novo Programa REDDE

0

O prefeito Cláudio José Schooder, o Leitinho, autorizou na última sexta-feira (29/07) o primeiro repasse trimestral do novo Programa REDDE (Repasse Dinheiro Direto na Escola), criado pela atual gestão no dia 24 de março deste ano através da Lei Municipal nº 3.513/2022, de autoria do chefe do Executivo. No total, 20 creches e escolas municipais receberam R$ 327.970,00 referentes aos meses de março, abril, maio e junho deste ano.

E a gestão municipal já planeja para o próximo dia 10 de agosto o repasse dos valores referentes ao terceiro trimestre (julho a setembro), o valor total de R$ 245.965,00 – sempre conforme os Plano de Trabalho apresentados pelas escolas, número de alunos etc. O repasse do quarto trimestre deve acontecer no início de outubro, após aprovação das “contas” deste primeiro repasse, e assim sucessivamente.

A iniciativa visa permitir que a Prefeitura volte a fazer o repasse de recursos diretamente às APMs (Associações de Pais e Mestres) das unidades da Rede Municipal de Ensino, visto que o TCE-SP (tribunal de Contas do Estado de São Paulo) havia apontado irregularidades no formato anterior. “É um programa novo, que fizemos e que vai deixar um legado para as escolas, porque ele vai continuar”, destacou o prefeito Leitinho.

Antes, a Prefeitura estava legalmente impedida de repassar recursos para as APMs, e desde então vinha orientando as escolas municipais sobre como formalizar os pedidos e formatar seus Planos de Trabalho o mais rapidamente possível, para o recebimento e utilização correta dos recursos do Programa REDDE.

O repasse de recursos financeiros será efetuado trimestralmente, de forma direta, através de depósito em conta corrente específica. Os valores são definidos conforme o número de alunos matriculados na Unidade Escolar, as etapas de Ensino oferecidas e a região de localização da creche ou escola municipal.

Podem ser adquiridos materiais de limpeza, de escritório ou pedagógicos urgentes, manutenção de equipamentos, pequenos reparos, fotocópias, correios e chaveiro, por exemplo. É vedado o pagamento a servidores, aquisição de gêneros alimentícios, medalhas, prêmios, flores, presentes, uniformes, eletrodomésticos, móveis simples, grandes obras ou reformas, água, luz, aluguel, combustíveis, gás e manutenção de veículos, entre outros.

“E a nova Lei Municipal prevê a participação dos Conselhos de Escola e das APMs na definição dos investimentos, decidindo em conjunto onde serão aplicados esses recursos financeiros, definindo quais objetivos que se pretende alcançar, buscando a melhoria do atendimento oferecido pelas unidades escolares do Município”, destacou a Secretaria de Educação.

A partir da data do depósito dos recursos, e somente após realizarem pesquisa prévia de preços de um produto ou serviço, as APMs autorizarão a compra e farão o pagamento – exclusivamente por meio eletrônico, como cartão magnético, TED ou PIX.

paginapopular

Secretaria de Educação promove palestra ‘Inteligência Emocional’

Previous article

Obras da nova estação elevatória de esgoto avançam na Praia Azul

Next article

You may also like

Comments

Comments are closed.

More in Nova Odessa