Sumaré

Prefeitura de Sumaré segue trabalho de desobstrução contra alagamentos nesse período chuvoso

0

Devido à previsão de fortes chuvas na região nas próximas horas, a Prefeitura de Sumaré segue com o trabalho de desobstrução contra alagamentos. A equipe da Secretaria Municipal de Serviços Públicos executou o serviço de limpeza na ponte da Represa do Horto, após chuva intensa dessa quarta (13), que havia prejudicado a passagem. Simultaneamente ocorre a limpeza de bueiros em toda a cidade. A Defesa Civil também continua mapeando as áreas atingidas. Nessa quinta (14) servidores do órgão estiveram em vários pontos do Município, além de realizarem ronda preventiva, com o monitoramento 24 horas do Ribeirão Quilombo em toda a sua extensão. O nível do rio se mantém baixo, sem registro de ocorrências.

Mesmo com a forte chuva do final da tarde dessa quinta, não foram registrados pontos de alagamento na cidade. O foco do trabalho das equipes da Prefeitura está nas áreas de risco em regiões historicamente afetadas nos períodos mais chuvosos do ano. A Defesa Civil também faz orientações à população, em especial aos moradores da parte baixa da cidade, sobre os cuidados necessários e como proceder em situações de emergência.

Visando a prevenção de alagamentos e inundações em bairros que ficam às margens do Ribeirão Quilombo, a Prefeitura de Sumaré vem, desde 2017, intensificando as ações de limpeza do rio. Nos últimos anos, cerca de 5 quilômetros de extensão do ribeirão recebeu os serviços de retirada dos detritos acumulados em sua calha, numa força-tarefa realizada pelas equipes da Secretaria Municipal de Serviços Públicos.

“As ações de limpeza acontecem regularmente nos meses de estiagem, quando nossas equipes conseguem trabalhar de forma segura com maquinário instalado nas margens do rio. A periodicidade nos serviços de manutenção é necessária para garantir mais fluidez ao curso d´água. Não temos medido esforços para encontrar soluções para as situações das cheias, principalmente nas regiões mais críticas”, disse o prefeito Luiz Dalben.

A desobstrução nas proximidades de passagens sobre o ribeirão evita que o acúmulo desses sedimentos crie barreiras e impeça o livre curso das águas, evitando o transbordamento do rio. “O trabalho é realizado de forma preventiva, melhorando a vazão da água que corre pelo rio. Com a devida autorização dos órgãos ambientais, utilizamos uma escavadeira hidráulica para fazer a retirada do material depositado no leito e nas cabeceiras de pontes, como restos de vegetação, móveis e até eletrodomésticos, além de entulhos descartados irregularmente por populares na beira do rio”, explicou o secretário municipal de Obras e Serviços Públicos Aparecido Fernandes.

Prevenção:

Agir de forma preventiva é sempre a melhor solução. Por isso, a Defesa Civil orienta para algumas medidas de segurança durante o período chuvoso. Vale ressaltar que, em situações de emergência, a população deve entrar em contato com a Defesa Civil Municipal pelo telefone 199 ou Corpo de Bombeiros pelo 193.

*Em casos de destelhamento, com ventos fortes, permaneça dentro da residência;

*Chuvas acompanhadas de raios: não utilizar equipamentos ligados à rede elétrica, principalmente se estiverem molhados, pois há risco de choque elétrico e curto-circuito, nem telefones ligados em tomadas. Evitar ficar próximo de canos, janelas e portas metálicas;

*Não entrar em piscinas ou lagos por conta de raios e descargas elétricas. Em rios e cachoeiras, o problema é agravado pela possibilidade de tromba d’água.

*No caso de inundações, água dentro de casa, desligue o disjuntor para evitar o risco de eletrocussão (morte por descarga elétrica). O religamento da rede só deve ocorrer depois que ela for revisada, para que não haja colapso no sistema.

*Se chover forte, aguarde para sair de casa. Não se arrisque em enchentes e enxurradas, pois há risco de ser arrastado ou se afogar.

*Evite trafegar em áreas de inundação ou em ruas sujeitas a alagamentos. Dirija com segurança e verifique se os faróis, lanternas e limpadores de para-brisa estão ligados. Não estacione seu veículo ou se abrigue debaixo de árvores.

*Caso perceba fendas ou rachaduras com surgimento de minas d’água dentro de casa, entre em contato, imediatamente, com a Defesa Civil ou Corpo de Bombeiros.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa

paginapopular

Enem: 51 instituições portuguesas aceitam notas do exame

Previous article

Prefeitura inicia em breve desassoreamento da lagoa do Parque Remanso das Águas

Next article

You may also like

Comments

Comments are closed.

More in Sumaré