Hortolândia

Prefeitura realiza evento para acolher segundo grupo de inscritos no programa Bolsa-Trabalho em Hortolândia

0

O segundo grupo de bolsistas do programa Bolsa-Trabalho recebeu, na manhã desta segunda-feira (01/08), as boas vindas do prefeito José Nazareno Zezé Gomes aos agora cadastrados. A cerimônia, com cerca de 90 pessoas, aconteceu na sede do CESP (Centro de Empreendedorismo Popular), na Rua Zacarias Costa Camargo, 50, no Remanso Campineiro. Além do prefeito, participaram a secretária adjunta de Inclusão e Desenvolvimento Social, Roberta Morais Diniz, e a equipe do Dgres (Departamento de Geração de Renda e Economia Solidária).

Desta vez, ingressaram no programa 79 pessoas. A iniciativa do Governo do Estado de São Paulo conta com o apoio da Administração Municipal, por meio da Secretaria de Inclusão Social, sendo acompanhada de perto pelos técnicos do Dgres.

“Hoje é um dia muito especial, pois estamos recebendo mais um grupo do programa Bolsa Trabalho, que visa qualificar nossos moradores para o mercado de trabalho. Sabemos das dificuldades que o nosso povo está passando. Por isso, procuramos sempre criar programas para auxiliar na renda familiar de nossos munícipes. Queremos que todos tenham as mesmas oportunidades e a qualificação é fundamental. Eu mesmo, durante minha juventude, fiz vários cursos que foram importantes para que eu entrasse no mercado de trabalho. Nosso governo está empenhado em trazer empresas para melhorar a qualidade de vida dos hortolandenses”, ressaltou Zezé Gomes.

Para Roberta Diniz, o programa permite ao bolsista oportunidade de qualificação profissional. “Iniciamos a semana recebendo mais 79 bolsistas do programa Bolsa Trabalho. Desejamos boas-vindas aos novos Bolsistas, que serão inseridos em diversas secretarias da Administração Municipal. Que seja muito produtivo! Um novo mês, novas oportunidades e muitas realizações!”, comentou a gestora.

Desta vez, a palestra de acolhimento, de caráter motivacional, intitulada “Eu Posso Mais”, foi feita pela professora, especialista em inteligência emocional, Nágila Gama de Oliveira.

Atualmente, o programa reúne 242 bolsistas cadastrados no município. Segundo a Secretaria de Inclusão e Desenvolvimento Social, cada participante tem uma jornada de atividades de 4h diárias, cinco vezes na semana, de segunda a sexta-feira, totalizando 20h semanais, quando são realizadas atividades em conjunto ou individualmente, junto à comunidade ou a órgãos públicos, assim como a participação em cursos de qualificação profissional. O programa consiste na concessão de bolsa-auxílio de R$ 450 mais cesta básica em valor monetário de R$ 90, totalizando R$ 540 mensais, por um período de cinco meses. As atividades realizadas têm como objetivo a recolocação profissional do bolsista. Os bolsistas são acompanhados pela equipe de empregabilidade assistida da Secretaria de Inclusão, que oferece orientação para a qualificação e recolocação no mercado de trabalho.

Bolsa-Trabalho é o antigo Programa Emergencial de Auxílio-Desemprego, coordenado pela Secretaria do Estado de São Paulo de Desenvolvimento Econômico, que tem como objetivo proporcionar ocupação, qualificação profissional e renda aos cidadãos integrantes da população desempregada e residente no Estado de São Paulo. O programa concentra a gestão dos benefícios, ações e projetos, com ou sem transferência de renda, instituídos para atendimento de pessoas em situação de vulnerabilidade social.

paginapopular

4º passeio de rolimã de Americana acontece domingo

Previous article

Prefeito Rafael Piovezan recepciona governador Rodrigo Garcia em visita oficial a Santa Bárbara

Next article

You may also like

Comments

Comments are closed.

More in Hortolândia