Hortolândia

Profissionais da linha de frente da rede hospitalar de Hortolândia começam a ser vacinados contra COVID-19

0

A rede hospitalar de Hortolândia recebeu, nesta sexta-feira (22/01), as doses de vacina contra COVID-19 para imunização de profissionais da linha de frente no combate ao Coronavírus. Tanto o Hospital Municipal Mário Covas quanto o hospital particular Samaritano foram beneficiados.

O Hospital Municipal iniciou imediatamente a vacinação de profissionais técnicos. A primeira funcionária a receber a vacina foi a enfermeira Giovana Cristina Camilo, de 38 anos, que atua no Serviço Controle de Infecção Hospitalar da unidade há 3 anos. “Tenho um sentimento de vitória hoje. Minha expectativa é que todos os colegas sejam vacinados em breve, para que possamos trabalhar em segurança”, disse, logo após receber a vacina. “É muito bom saber que teremos profissionais imunes, preparados para receber e cuidar da população”, enfatizou a coordenadora do Hospital Municipal, Marlene Meira de Satélis Freitas, destacando que a vacinação ajudará a manter completo o quadro de trabalhadores à disposição da comunidade.

As vacinas que chegaram nesta quarta-feira (20/01) em Hortolândia também atendem a rede particular. A técnica de enfermagem Luciane Canever da Silva, de 47 anos, trabalha há nove anos no Hospital Samaritano de Hortolândia e foi a primeira profissional vacinada naquela unidade, logo que as vacinas forma entregues pela Prefeitura. “Atuo na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e no pronto socorro e, por este motivo, tenho contato com pacientes com Coronavírus. Não fiquei doente neste período de pandemia, mas o risco é muito grande. Fico feliz em ter sido vacinada, por estar protegida, e pela vacina representar esta esperança para a população em geral de que estamos vencendo a doença”, comemorou. “Estamos muito felizes com a chegada da vacina. Sentimos o empenho da Prefeitura em colaborar para que o maior número de profissionais da linha de frente sejam vacinados. Esperamos, agora, a complementação das doses para que todos os funcionários sejam imunizados”, completou o diretor do Hospital Samaritano, Mauro Villa Real, agradecendo o apoio da Prefeitura em relação à instituição médica.

O primeiro lote de vacinas contra a COVID-19 chegou em Hortolândia na noite desta quarta-feira (20/01). De acordo com a Secretaria de Saúde, foram enviadas pelo governo estadual 2.840 doses. O município aguardará a chegada de mais lotes da vacina para ampliar a imunização aos demais públicos, conforme o calendário definido pela Secretaria de Estado da Saúde.

De acordo com o Plano Municipal de Vacinação contra COVID-19 da Secretaria de Saúde, serão vacinados nesta primeira etapa profissionais técnicos da rede municipal de saúde e da rede particular que atuam na linha de frente no combate ao Coronavírus, além de profissionais e idosos de ILPIs (Instituições de Longa Permanência para Idosos).

A Prefeitura de Hortolândia realizou, na tarde desta quinta-feira (21/01), ato simbólico para marcar o início da vacinação dos profissionais de linha de frente da saúde contra a COVID-19. O primeiro servidor a receber a imunização foi o auxiliar de enfermagem Sílvio Carlos Palmiro, de 58 anos, profissional que atua na UR (Unidade Respiratória) Nova Hortolândia, servidor da rede municipal de saúde desde 1993.

PRÉ-CADASTRO

A Prefeitura mantém o pré-cadastro para a segunda fase da vacinação contra a COVID-19. De acordo com a Secretaria de Saúde, o pré-cadastro é para melhor organizar o agendamento para o início da vacinação e, com isso, evitar aglomeração, conforme os protocolos sanitários para evitar a disseminação do Coronavírus.

Profissionais da rede particular de saúde e idosos com 60 anos ou mais podem fazer o pré-cadastro online, por meio do site da Prefeitura, http://www2.hortolandia.sp.gov.br/. Basta clicar no respectivo banner. No pré-cadastro, o interessado deverá informar nome, bairro, telefone, data de nascimento, número do CPF (Cadastro de Pessoa Física), informar se é profissional de saúde e se tem alguma deficiência motora, que dificulte o acesso ao local de vacinação.

A Secretaria de Saúde fará a verificação destes dados com o cadastro da pessoa no e-SUS, que é o banco nacional de dados do sistema público de saúde. Caso os dados estejam corretos, a informação do agendamento de cada pessoa estará disponível para consulta no site da Prefeitura. Para fazer a consulta, é necessário informar o CPF e a data de nascimento.

Em caso dos dados estarem incorretos, o morador será orientado a entrar em contato com a UBS (Unidade Básica de Saúde) mais próxima de sua casa para atualizar os dados. A data da aplicação da vacina será agendada conforme a ordem de prioridade definida pela Secretaria Estadual de Saúde e mediante a entrega do imunizante pelo governo estadual.

 

Fonte: Assessoria de imprensa

paginapopular

Prefeito Luiz Dalben é eleito membro do Conselho de Orientação do Fundocamp durante reunião da RMC

Previous article

São Paulo entra em quarentena aos finais de semana

Next article

You may also like

Comments

Comments are closed.

More in Hortolândia