Sumaré

Setembro Amarelo em Sumaré conta com Tenda informativa

0

O movimento de conscientização alusivo ao Setembro Amarelo continua em Sumaré. Nessa quarta (23) a Tenda informativa esteve na feira noturna do Macarenko, orientando os moradores. Este ano, por causa da pandemia e do isolamento social, os trabalhos preventivos ao adoecimento mental foram reforçados, devido à necessidade da atenção à saúde das pessoas. A Prefeitura de Sumaré, por meio das Secretarias Municipais de Saúde e de Inclusão e Assistência Social, intensificou as ações junto aos moradores. As palestras, teatro e orientações ocorrem tanto nas unidades de saúde como no CAPS AD (Centro de Atenção Psicossocial – Álcool e Drogas), localizado na região do Picerno. A BEM (Base de Excelência da Mulher) também ofereceu um trabalho especial junto as usuárias, com explicações e orientações em vídeos.

 Diversas atividades continuam nas USFs (Unidades de Saúde da Família), UBS (Unidades Básicas de Saúde), CAPS e NASF (Núcleo de Apoio a Saúde da Família), incluindo palestras, orientações, bate-papo individual e confecção de cartazes motivacionais. As equipes municipais estão sempre prontas para ouvir, acolher, apoiar e realizar os cuidados e encaminhamentos necessários. No encerramento da programação, dias 29 e 30, acontecerão sessões de Psicoterapia com agendamento dos horários.

“Neste Setembro Amarelo, reconhecido como mês de Prevenção ao Suicídio, reforçamos o alerta e a necessidade de conscientização da população, pois o suicídio é um problema de saúde pública. É extremamente importante identificar as pessoas que precisam de cuidado nesse sentido e encaminhá-las para tratamento nas unidades de Saúde do Município”, explicou o secretário de Saúde, Rafael Virginelli.

Como parte da programação, a Prefeitura inaugurou no último dia 10 o Espaço de Cuidado Integral ao Trabalhador da Saúde (ECITS), ao lado do PA Nova Veneza. Assim como o nome, a unidade vai oferecer atendimento de práticas integrativas aos servidores do setor de saúde do Município, ou seja, será um grande apoio a essa categoria profissional que tem atuado na linha de frente nesse período de pandemia do coronavírus.

Realizado desde 2015, o Setembro Amarelo foi criado pelo Centro de Valorização da Vida (CVV), Conselho Federal de Medicina (CFM) e Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP). Durante o mês, monumentos em diferentes cidades também adotam a cor amarela em suas fachadas para dar visibilidade à causa. A cor amarela, segundo o site do CVV, representa a luz e o sol, simbolismo que reflete a proposta da campanha de preservar a vida.

O mês foi escolhido em razão do Dia Mundial da Prevenção do Suicídio, celebrado todo ano em 10 de setembro. A data é organizada pela Associação Internacional para a Prevenção do Suicídio com o respaldo da Organização Mundial da Saúde (OMS). O objetivo do dia é conscientizar as pessoas ao redor do mundo que o suicídio pode ser evitado.

Fonte: Assessoria de Imprensa

paginapopular

Decreto permite jogos de futebol com torcida no estado do Rio

Previous article

Nova Odessa ultrapassa marca de 800 infectados pelo novo coronavírus

Next article

You may also like

Comments

Comments are closed.

More in Sumaré