Sumaré

Sumaré encerra programação do Setembro Amarelo com o Festival “inFINITO 2020”

0

Uma ação para fechar a programação do Setembro Amarelo acontecerá neste final de semana (03 e 04), a partir das 9h, em Sumaré: o Festival “inFINITO 2020”. A atividade da Secretaria de Saúde da Prefeitura de Sumaré, acontecerá no CAPS (Centro de Atenção Psicossocial) II – Orquídea, que presta atendimento a pacientes adultos com transtornos mentais graves e persistentes. Devido à pandemia do coronavírus, as vagas foram limitadas. O Festival tem a parceria do Movimento inFINITO. Está previsto um encontro entre colaboradores da rede Municipal de Saúde, para abordar um assunto considerado ‘tabu’ na sociedade – “processos sobre viver e morrer”. “É mais um evento importante de conscientização, que ocorrerá dentro das normas de segurança, de acordo com as recomendações da OMS, com distanciamento padronizado, disponibilização de álcool em gel e máscaras”, disse o secretário de Saúde, Rafael Virginelli.

O evento prevê roda de conversa com histórias extraordinárias, o lançamento do documentário “Into the Night – Portrails of life and death” (Noite adentro: retratos de vida e morte), entre outras atividades. O CAPS ll Orquídea está localizado na Rua Pedro Zacarchenco, 251, Planalto do Sol. Mais informações pelo WhatsApp (19) 9.8123.1734.

Bom ressaltar que a Prefeitura de Sumaré, por meio das secretarias municipais de Saúde e de Inclusão e Assistência Social, intensificou neste ano as atividades alusivas ao Setembro Amarelo. Por causa da pandemia e do isolamento social, os trabalhos preventivos ao adoecimento mental foram reforçados, devido à necessidade da atenção à saúde mental das pessoas. Além das ações nas Unidades de Saúde e CAPS, o movimento de conscientização também aconteceu nas USFs (Unidades de Saúde da Família), NASF (Núcleo de Apoio a Saúde da Família), BEM (Base de Excelência da Mulher) e na Tenda informativa e contou com palestras, teatro, orientações e bate papo individual.

Como parte da programação, a Prefeitura inaugurou no último dia 10 o Espaço de Cuidado Integral ao Trabalhador da Saúde (ECITS), ao lado do PA Nova Veneza. Assim como o nome, a unidade vai oferecer atendimento de práticas integrativas aos servidores do setor de saúde do Município, ou seja, será um grande apoio a essa categoria profissional que tem atuado na linha de frente nesse período de pandemia do coronavírus. “Nossas equipes estão sempre prontas para ouvir, acolher, apoiar e realizar os cuidados e encaminhamentos necessários”, reforçou Virginelli.

 CAPS AD

O prédio do CAPS AD – inaugurado pela Administração Municipal em dezembro do ano passado, no Portal Bordon, região do Picerno – conta com uma equipe altamente qualificada para oferecer cuidados, atenção integral e continuada a dependentes químicos. A equipe é formada por psiquiatra, psicólogo, enfermeiro e técnicos de enfermagem, assistente social, terapeuta ocupacional e recreacionista. É uma unidade de extrema importância para o atendimento em saúde mental, pois acolhe as pessoas que sofrem com transtornos mentais decorrentes da dependência química – e que muitas vezes são julgadas e marginalizadas. O órgão oferece atendimento interdisciplinar para a reabilitação e inclusão social dessas pessoas.

A equipe do Centro de Atenção Psicossocial realiza acolhimentos, grupos e oficinas terapêuticos (autocuidado, culinária, horta, música e ateliê aberto). Todo cuidado é planejado por meio do Plano Terapêutico Singular (PTS), elaborado junto ao paciente e à equipe de referência, seguindo sempre a necessidade individual. Além disso, o serviço ainda oferece suporte à família do paciente. O CAPS AD está localizado na Rua Antonieta Ravagnani Tanner, nº 190, Residencial Bordon II. A unidade funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

CAPACITAÇÃO

Com o aumento das doenças psiquiátricas devido à pandemia do novo coronavírus e ao período de isolamento social, a Secretaria de Saúde de Sumaré, por meio da Rede Municipal de Saúde Mental, tem realizado capacitações com as equipes dos CAPS (Centro de Atenção Psicossocial). Os colaboradores participaram de aula on-line com o tema ‘Transtorno do Estresse Pós-Traumático (TEPT)’, um distúrbio da ansiedade caracterizado por um conjunto de sinais e sintomas físicos, psíquicos e emocionais.

Os principais atendimentos em saúde mental são realizados nos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS), onde o usuário recebe atendimento com assistência multiprofissional e cuidado terapêutico, conforme a necessidade, próximo da família. O município conta com três unidades do CAPS: Orquídea, que presta atendimento a pacientes adultos com transtornos mentais graves e persistentes; o Infanto-Juvenil ‘Espaço Viver’, voltado a crianças e adolescentes; e, agora, o CAPS Álcool e Drogas, especializado em transtornos pelo uso de álcool e outras drogas.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa

paginapopular

Petrobras pode criar subsidiárias para vender 8 refinarias, decide STF

Previous article

Nova Odessa tem dois novos casos de Covid-19 e totaliza 853 infectados

Next article

You may also like

Comments

Comments are closed.

More in Sumaré